segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Coincidência?


Os dois últimos filmes que assisti no cinema, Encontro Explosivo e Par Perfeito são estranhamente parecidos.
Será uma estranha nova onda de comédia romântica ou foi apenas coincidência?
O primeiro, estrelado por Tom Cruise e Cameron Diaz, conta a história de uma agente secreto e uma garota comum que acabam tendo suas vidas entrelaçadas por uma trama que gera muita confusão e romance, claro.
O segundo, estrelado por Ashton Kutcher e a rainha das comédias românticas Katherine Heigl, fala de um assassino profissional (Mas parecidíssimo com um agente secreto) que se casa com uma garota comum e acaba se metendo em encrencas quando a verdade vem à tona.
Resultado dos dois filmes?
O começo de Encontro Explosivo é até promissor, mas o romancezinho água-com-açúcar de Cruise e Diaz não convence e a personagem dela se torna uma chata que vive histérica ao ponto de Cruise sedá-la a maior parte do filme para que ela não os coloque em problemas, o que compromete grande parte das cenas de ação, que são interrompidas quando ela cai no sono e a imagem se fecha.Mal- explicado, ganha ponto pelas cenas de ação e as locações, como Salzburgo, na Áustria.
Par Perfeito consegue ser pior ainda. Com o medo dos roteiristas que o público ache Kutcher mau, colocam para que ele conte seu segredo à Heigl nas primeiras cenas, e ela, felizmente para ele, cai no sono, bêbada. Os dois se casam, levam a vida perfeita e de repente alguém coloca a cabeça de Kutcher à prêmio e vários assassinos, antes conhecidos do casal passam a perseguir os dois. A narrativa não tem cenas de ação criativas , nem muitas locações, sempre com tentativas de arrancar risada do público com a dinâmica do casal sendo discutida no meio disso tudo. O final é absurdamente idiota, levando quem assiste a pensar: "Mas até eu poderia ter escrito este filme!".
Se essa é uma nova mania de Hollywood, é sinal que a criatividade dos roteiristas chegou mesmo ao nível mais baixo que se poderia esperar.

1 comentários:

Hérida Ruyz disse...

Olá!
Ainda não assisti nenhum dos 2 filmes. Mas tenho a impressão que são adequados para matar o tempo em uma tarde chuvosa. kkk
Eu não pagaria um ingresso de cinema para assisti-los.
Bjs