segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Retrospectiva Literária

2011 já passou, já estamos em 2012 e está mais do que na hora de relembrar os melhores do ano (passado)!

Melhor Romance Romântico














Água para Elefantes- Sara Gruen
Não sou de ler romance por romance, mas a história trouxe o mundo circense às páginas de modo realmente encantador.

Melhor Suspense/Terror
















A série Anita Blake - Laurell K. Hamilton
Não li muitos gêneros, mas li seis livros dessa série que não resenhei aqui. É sobre uma ressuscitadora de cadáveres que também ajuda a investigar crimes sobrenaturais, além de "enfrentar" a constante presença de um vampiro bonitão. A história é digna de uma série HBO: bizarrices, sangue, protagonista durona, cenas de sexo não necessariamente românticas... É forte. Tanto que depois de ler tantos de uma vez, você precisa parar e ler algo mais fofinho pra relaxar. Recomendo para quem não tem muito nojinho.( A foto é do primeiro livro, Prazeres Malditos, da editora Rocco)

Melhor comédia









Todos de Sarah Mason
Explico. Li Um Amor de Detetive, Alta Sociedade e A vida é uma festa da Sarah Mason. O primeiro é o mais engraçado, mas todos são livros femininos, com protagonistas engraçadíssimas que fazem você parecer louca rindo sozinha. Recomendadíssimo.

Melhor ficção/fantasia/fantástico













Sussurro -Becca Fitzpatrick
Um tanto sem paciência para uma nova modinha, deixei esse livro sobre anjos de lado. Mas ao lê-lo, vi o quanto estava perdendo. O anjo caído Patch é um dos protagonistas mais interessantes que já vi, chamando muito mais atenção do que a protagonista Nora. Suspense, romance e terror permeiam essa história que tem mais duas continuações.

Clássico do ano
















Persuasão - Jane Austen
A diva Jane Austen precisava figurar nesta lista. Esse li Persuasão e Mansfield Park, que não resenhei por falta de tempo e porque a história não foi tão cativante assim. Mas Persuasão é lindo, meigo, emociona e é simplesmente perfeito.

Surpresa do ano














Como se livrar de um vampiro apaixonado - Beth Fantaskey
Já resenhado, o livro dono de um título não atraente chamou a atenção por ser muito melhor do que esperava. Não foi o melhor do ano, mas superou tanto o que eu achava que merece um lugarzinho revelação.


Não escolherei o Melhor do Ano porque existem tantos empates que não seria justo escolher um deles.
Mas pretendo ler mais clássicos ano que vem, dar mais chances aos livros ignorados, ler mais literatura brasileira. Afinal, leitura é diversão!

1 comentários:

Miss Carbono disse...

Desses só li 'Persuasão' que gostei bastante o/

teh mais